Início > Josué - Com o pé na promessa, Teologia do Antigo Testamento > Josué – Com o pé na promessa – Aspectos teológicos

Josué – Com o pé na promessa – Aspectos teológicos

Introdução

O livro de Josué conta a transição da liderança no povo eleito. Moisés estava morto e Deus escolhe Josué para comandar a entrada dos hebreus na terra da promessa.

É importante lembrar que estes relatos não nos mostram apenas a história acontecida, mas nos revela também os aspectos teológicos decorrentes do plano universal de Javé para seu povo.

O principal aspecto teológico que devemos observar é o cumprimento da promessa de Javé a seu povo. A promessa envolvia a descendência numerosa de Abraão e a volta à terra de Canaã, que estava na iminência da realização.

Este aspecto teológico é tão importante que são dedicados 10 capítulos (13 a 22) sobre a divisão das terras entre as tribos de Israel.

Outro aspecto importante é a recorrência do pecado entre o povo. Mal haviam entrado na terra prometida e começaram a desobedecer às ordens de Javé quando fizeram acordos com os povos nativos. Todo o capítulo 9 é dedicado a este fato.

Com estes conceitos em mente devemos desfazer duas concepções errôneas sobre o livro.

  • Um general corajoso, temente a Deus, que conquista a Terra de Canaã.
  • Um relato militar do processo da conquista de Canaã

Na primeira concepção, o livro carece de detalhes sobre a vida de Josué para ser considerada uma obra biográfica, e, na segunda concepção, vemos claramente que as poucas estratégias mencionadas são de Javé, não de Josué. Logo, o destaque é para a ação de Javé na história, usando seu povo eleito.

Em resumo: o livro nos mostra a fidelidade de Javé em cumprir a promessa feita a Abraão, realizando, desta forma, sua parte na aliança.

Temas teológicos principais

Na leitura do livro podemos identificar alguns aspectos importantes sobre o caráter de Deus e seus propósitos. Devemos estar atentos para o fato de que Deus, e não o homem, é o foco do nosso estudo.

Além da fidelidade de Javé à aliança estabelecida com Abraão, outro tema que merece destaque especial é a relação entre o povo e a terra. A terra era a prova visível da eleição do povo por Deus. Israel havia sido liberto da escravidão no Egito, passaram pelo processo de tornar-se uma nação em meio ao deserto durante 40 anos, e, agora estavam na iminência de ter este processo completado pela conquista da terra. O pior castigo que Deus poderia dar ao povo era a expulsão da terra, que viria de fato acontecer. A promessa de restauração do povo sempre incluía a volta à terra.

Outro tema que se destaca, para nossa compreensão do caráter de Javé, é que ele é poderoso. Não há como tirar o elemento miraculoso dos relatos sem prejudicar nossa compreensão deste fato. Javé usa a criação como meio de mostrar seu poder a todos, uma vez que os cananeus criam que seus deuses detinham todo poder. Deus intervém na história de forma soberana a fim de cumprir seu propósito.

A imagem do guereiro divino também é patente em Josué, pois é descrito combatendo pelos israelitas. Ou seja, a vitória não é do homem, mas de Javé.

A arca simbolizava a presença de Deus no meio do seu povo, e isso implicava em alguns limites que deveriam ser obedecidos. Deus requeria a santificação do seu povo, pois não poderiam seguir a Deus de qualquer maneira.

Um tema que nos causa estranheza é a consagração para destruição, ou, em hebraico HEREM. Esta ordem é encontrada em Deuteronômio 7:1-11 e estabèlecida em Josué 6:17-19. As escrituras nos apontam, ainda em Gênesis, que a maldade dos cananeus ainda não havia atingido seu limite diante de Deus. Logo, Deus deu oportunidade por 4 séculos para este povo se arrepender. Além disso, os cananeus tinham práticas repugnantes como prostituição cultual e sacrifício infantil. Portanto este povo não era simplesmente inocente e Javé executou seu juízo, da forma que viria a executar contra Israel e Judá no futuro.

Anúncios
  1. Marco Túlio
    15/02/2011 às 1:37 PM

    Seus textos são excelentes!

    • Alexandre Milhoranza
      15/02/2011 às 4:23 PM

      Muito obrigado Marco!

      Fico contente em saber que você está sendo abençoado!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: