O protestantismo americano

O protestantismo americano

Com a revolução protestante puritana na Europa, e sua consequente perseguição, houve grande fuga para a América do Norte. Os puritanos, ao chegarem ao novo continente, quiseram colonizá-lo literalmente de acordo com sua doutrina e confissão de fé. Apesar de passar por várias crises em sua formação, o protestantismo consegue se firmar como principal expressão religiosa da América.

A vida religiosa norte-americana foi marcada pelos dois grandes avivamentos dos séculos XVIII e XIX. Por conta da grande imoralidade social que atingia a América no século XVIII, muitos pastores usavam uma linguagem dura e frequentemente os sermões tinham a temática da soberania de Deus e do juízo eterno no inferno. Um exemplo clássico é o sermão de Jonathan Edwards, “Pecadores nas mãos de um Deus irado”, de 1741.

O segundo grande avivamento ocorreu no século XIX, no leste do país. Uma marca característica foi o abandono da doutrina da predestinação individual para a pregação da predestinação coletiva, que ficou conhecida como “Destino Manifesto”. A doutrina do Destino Manifesto pregava que Deus havia escolhido uma nação, a América, para pregar a Palavra ao mundo. Posteriormente servirá de base para a intervenção militar americana em alguns países do mundo tais como: Iraque e Afeganistão. Esta doutrina foi publicada originalmente em 1845 por  John O’Sullivan. Neste segundo período de avivamento o grande nome foi sem dúvida Charles Finney, que foi o precursor das séries de conferência evangelística com cânticos, testemunhos e apelos à conversão.

O resultado destes dois grandes avivamentos gerou o movimento evangelical, que popularizou as campanhas evangelísticas em massa pelo mundo, cuja maior expressão, no século XX, foi o pregador William Franklin Graham Jr, mais conhecido como Billy Graham .

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: